Importante!

©2007-2010 - As imagens, textos, designs, criações e fotografias são reservados, de propriedade da autora do Blog, exceto em casos quando mencionado explicitamente, sendo então, indicada a propriedade. Este material está sendo partilhado para sua inspiração pessoal, e não podem ser copiadas ou reproduzidas sem referência e/ou autorização devida.

Não se assuste!

Don't be scared!

Por alguns dias, você verá alguns selinhos deste no blog:
For some days, you will see some badges like this one in the blog:


O motivo? Eu fui publicada!!! Isso mesmo... Alguns trabalhos meus foram selecionados para serem publicados na Scrapbook News and Review!
The reason? I've been published!!! That is right... Some crafts of mine were selected to be published at Scrapbook News and Review!


Quer ver mais trabalhos lindos? Passa lá no site e conheça a revista.
Wanna see more amazing crafts? Go to the SNR site and know the magazine.

Obrigada pelo seu carinho e apoio! Tem sido muito importante para mim...
Thanks for your support! It's been too important for me...

Abraços,
Cheers

Mais ATC - Natureza

More ATC - Nature

Mais um ATC, de tema Natureza, feito para a troca #05 do SBB. Este, entretanto, tinha que ter a imagem de um pássaro.
Another ATC, with theme Nature, made for the exchange #05 at SBB. This, on the other hand, had to have a bird in it.


E aqui, está o ATC com seu envelope (frente e verso);
And here you have the ATC with its envelope (front and back):


Para fazê-lo, usei uma técnica de entrelaçamento do papel, que conhecia desde pequena, mas as meninas do ATC Blog explicam bem neste post.
To made it, I used a paper strips interlacement, which I knew since I was a kid, but the ATC Blog team explained very well here.

Também usei tinta craquelê e carimbeira Distress Ink para "dar um efeito" diferente.
I have also used Crackle paint and Distress Ink to "make a different effect".

A coruja foi carimbada e pintada com lápis de cor aquarelável.
The owl was stamped and painted with watercolor crayons.

É isso aí. Obrigada por sua visita!
That is it. Thanks for stopping by!

Ninguém é insubstituível... Será?

No one is irreplaceable ... Really?
 
Recebi hoje um texto por email, e gostei bastante... Pensei em fazer um LO, uma ilustração, algo... Mas no final, decidi por postá-lo diretamente. Desculpas a quem não fala Português, postarei apenas como recebi. Caso você queria lê-lo, que não fala Português queira lê-lo, deixe um comentário que faço a tradução e lhe envio.
I received today a mail, which I liked a lot... I thought about making a project, a picture, something to post with... But, in the end, I decided to post it without anything else. My apologizes for those who does not speak Portuguese. I am going to post it as I received (only in Portuguese). If you want to know it, but does not speak this language, leave a message that I translate the text and send you back.

SERÁ MESMO QUE VOCÊ É SUBSTITUÍVEL???

Na sala de reunião de uma multinacional o diretor nervoso falava com sua equipe de gestores.

Agita as mãos, mostra gráficos e, olhando nos olhos de cada um ameaça: "ninguém é insubstituível". A frase parece ecoar nas paredes da sala de reunião em meio ao silêncio.

Os gestores se entreolham, alguns abaixam a cabeça. Ninguém ousa falar nada. De repente um braço se levanta e o diretor se prepara para triturar o atrevido:

- Alguma pergunta?

- Tenho sim.

-E Beethoven?

- Como? - o encara o gestor confuso.

- O senhor disse que ninguém é insubstituível e quem substituiu Beethoven?

Silêncio...

O funcionário fala então:

- Ouvi essa estória esses dias, contada por um profissional que conheço, e achei muito pertinente falar sobre isso.

Afinal, as empresas falam em descobrir talentos, reter talentos, mas, no fundo continuam achando que os profissionais são peças dentro da "máquina" (organização) e que, quando sai um, é só encontrar outro para por no lugar.

Quem substituiu Beethoven? Tom Jobim? Ayrton Senna? Ghandi? Frank Sinatra? Garrincha? Santos Dumont? Monteiro Lobato? Elvis Presley? Os Beatles? Jorge Amado? Pelé? Paul Newman? Tiger Woods? Albert Einstein? Picasso? Zico? João Paulo II? Elis Regina? Juscelino Kubitschek? etc...
Todos esses talentos marcaram a história fazendo o que gostam e o que sabem fazer bem, ou seja, fizeram seu talento brilhar. E, portanto, são sim insubstituíveis.

Cada ser humano tem sua contribuição a dar e seu talento direcionado para  alguma coisa.

Está na hora dos líderes das organizações reverem seus conceitos e começarem a pensar em como desenvolver o talento da sua equipe focando no brilho de seus pontos fortes e não utilizando energia em reparar seus 'erros/deficiências'.

Ninguém lembra e nem quer saber se Beethoven era surdo, se Picasso era instável, Caymmi preguiçoso, Kennedy egocêntrico, Elvis paranóico.

O que queremos é sentir o prazer produzido pelas sinfonias, obras de arte, discursos memoráveis e melodias inesquecíveis, resultado de seus talentos.

Cabe aos líderes de sua organização mudar o olhar sobre a equipe e voltar seus esforços em descobrir os pontos fortes de cada membro.

Fazer brilhar o talento de cada um em prol do sucesso de seu projeto.
Se seu gerente/coordenador, ainda está focado em 'melhorar as fraquezas' de sua equipe corre o risco de ser aquele tipo de líder/técnico, que barraria Garrincha por ter as pernas tortas, Albert Einstein por ter notas baixas na escola, Beethoven por ser surdo. E na gestão dele o mundo teria perdido todos esses talentos.

Seguindo este raciocínio, caso pudessem mudar o curso natural, os rios seriam retos não haveria montanha, nem lagoas nem cavernas, nem homens nem mulheres, nem sexo, nem chefes nem subordinados... apenas peças.

Nunca me esqueço de quando o Zacarias dos Trapalhões 'foi pra outras moradas'. Ao iniciar o programa seguinte, o Dedé entrou em cena e falou mais ou menos assim: "Estamos todos muito tristes com a 'partida' de nosso irmão Zacarias... e hoje, para substituí-lo, chamamos:... Ninguém... pois nosso Zaca é insubstituível".

Portanto nunca esqueça: Você é um talento único... com toda certeza ninguém te substituirá!

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é..., e outras..., que vão gostar menos de você pelo mesmo motivo..., acostume-se a isso..., com muita personalidade, determinação e – se puder - paz de espírito...".

VOCÊ  É INSUBSTITUÍVEL!!!!!!!!!!


Meu comentário final: 
Não use isso como desculpa sempre. Faça a sua parte, o melhor que você puder! Destaque-se. Tenha sempre em mente "Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus." 
Bíblia Sagrada - I Coríntios 10.31

Grande beijo!

Natal o ano todo...

X-mas all year long...

No Blog Christmas Inspirations, a Dani Fumie propôs que fizéssemos desta vez um enfeite de Natal.
At Christmas Inspirations blog, Dani Fumie challenged us to make a X-mas embellishment this time.

Este é o meu:
This is mine:



Você consegue imaginar isso:
Can you imagine this:


Virando isso:
Turning into this:


Não? Pois virou... Reciclando Disquetes antigos... A Natureza agradece. Basta alguns retalhos de papel e uma árvorezinha de madeira.
No? But it did... Recycling old floppy disks... Nature says thanks. It is just some pieces of paper and a little wooden x-mas tree.

Para ver mais trabalhos do TD e outros, visite o Blog Christmas Inspirations.
To see the TD projects and others, visit the blog Christmas Inspirations.

Obrigada por sua visita!
Thanks for stopping by!

Preto, branco e ...

Black, White and...

Você já pensou em fazer algum trabalho usando apenas Preto, branco e outra cor? Não? Bem... O SBB propôs um desafio assim, e encarei:
Have you ever thought about make a project using only Black, White and only one other color? No? Well... SBB Proposed a challenge like that, and I accepted it:

Cartão Preto, Branco e Marrom:
Card Black, White and Brown:


Cartão Preto, Branco e Azul:
Card Black, White and Blue:


Abraços!
Hugs!

Lembrancinhas

Souvenirs

Quando meu fiote fez 2 anos, eu fiquei imaginando o que fazer de lembrancinha para o aniversário dele.
For the 2nd Anniversary of my baby boy, I had a hard time deciding what to make as souvenir for his party.

Bem, naqueles dias, recebemos várias amostras de perfumes que trabalhamos, e achamos que seria uma boa lembrancinha, desde que devidamente personalizada.
Well, at that time, we had a lot of perfume samples (from the company we work with), and we decided that them would be a good souvenir, with a good customization.

Este foi o resultado:
This was the result:


Pastinhas feitas com a foto do meu fiote, com o perfuminho dentro.
Small folders with my baby boy picture, with the perfume inside.




Todas impressas em casa, em papel Opaline, ilhós e elástico. Muito simples!
All of them printed at home, in paper Opaline, with ilhos and elastic. Too simple!

Se você gostou e quiser o template das pastinhas, me mande um email e/ou deixe um recadinho neste post.
If you like it and would like its template, send me an email and/or leave a message in this post.

Aproveite também e visite o blog do Armazém Criativo, que está em festa e veja outras possibilidades também (e, por que não, participe também!!!)
Also, visit the Armazém Criativo blog, which is having a party and see other possibilities!





Abraços
Hugs

ATC

Você sabe o que é um ATC?
Do you know what is an ATC?

Segundo a Wikipedia (em inglês), ATC (ou Artist Trading Cards) são miniaturas de trabalhos de arte, do mesmo tamanho dos cartões de baseball modernos, ou seja, 2 ½ X 3 ½ (63 mm X 89 mm), pequenos o suficiente para caber dentro doo bolso padrão colecionador de cartões. O movimento do ATC tem suas origens no movimento de arte postal, com suas origens na Suiça. Os cartões são produzidos em vários tipos de materiais, incluindo os materiais secos (lápis, canetas, marcadores etc), "molhados" (aquarela, tinta acrílica etc), papeis (colagem, cortes etc). Os cartões são feitos para serem trocados, ao invés de serem vendidos.
According to the Wikipedia, Artist Trading Cards (or ATCs) are miniature works of art about the same size as modern baseball cards,[1] or 2 ½ X 3 ½ inches (63 mm X 89 mm),[2] small enough to fit inside standard card-collector pockets, sleeves or sheets.[3] The ATC movement developed out of the mail art movement and has its origins in Switzerland.[4] Cards are produced in various media, including dry media (pencils, pens, markers, etc.), wet media (watercolor, acrylic paints, etc.), paper media (in the form of collage, papercuts, found objects, etc.). The cards are usually traded or exchanged rather than sold.

É muito gostoso fazer um ATC. Você pode explorar mil possibilidades em uma pequena pedaço de arte única.
It is very nice to make an ATC. You can explore a thousand of possibilities in a small piece of unique art.

Veja alguns exemplos que fiz:
See some of my ATCs:




Amizade / Friendship



Fantasia / Fantasy


Feminilidade / Femininity


Natureza / Nature


Se você quiser saber mais sobre ATCs, pode ver alguns dos links:
If you wanna know more about ATCs, can check some of the links below:
Art Trader Magazine
Art Cards, Editions and Originals
ATC Quartely

E também, o Artist Team Club:
And also, the Artist Team Club:


Espero que vocês tenham gostado e dotem esta arte também!
I hope you like it, and adopt this art also!

Abraços!
Hugs!